CELESTE TRICOLOR

Muito tem se falado em uruguaios ultimamente Fórlan, Lugano, Coates, agora quando falamos de futebol uruguaio o que vem a sua cabeça?

Na minha cabeça vem RAÇA e entrega pelo time que joga, não precisamos voltar muito no tempo o que foi que levou a seleção uruguaia tão longe na Copa de 2010? Exatamente isso, o que foi aquilo do Suarez colocar a mão na bola nas quartas de final contra Gana no final do jogo? Loucura? Um pouco! Prefiro pensar que foi ENTREGA e CONFIANÇA na equipe.

Quantos destes guerreiros já vestiram o manto sagrado tricolor?

Falarei que foram quatro uruguaios que fizeram história no Mais Querido, Pablo Fórlan (Pai do Diego Fórlan) Dario Pereyra, Pedro Rocha e….

Pablo Fórlan jogou na lateral direita do São Paulo 240 jogos (115 vitórias, 77 empates e 48 derrotas) conquistou 3 títulos paulistas o de 1970, 71 e 75. E nestes jogos marcou 8 gols. Pela seleção uruguaia disputou as copas de 1966 e 1974. Também foi técnico tricolor antes do Mestre Telê Santana, e diz: que colocou Cafú e Antonio Carlos no time principal e pediu a contratação de Leonardo que era do Flamengo.

Dario Pereyra jogou 451 partidas no São Paulo e marcou 38 gols, começou como meia armador e volante, sofreu com contusões e adaptações tal como acontecera antes com Pedro Rocha, quando foi improvisado na zaga que se firmou no time e por consequência ganhou o prêmio bola de prata por três anos (1981, 83 e 86) e junto com Oscar fez uma das melhores zagas que o São Paulo já teve, conquistou os títulos paulistas de 1980, 81 85 e 87 e os Brasileiros de 1977 e 1986. Muitos de nós pode lembrar da passagem não tão boa dele como o técnico do São Paulo em 1998 que levou o time a um vice campeonato Paulista deste ano e uma campanha nada boa no Brasileiro que culminou em 13° lugar.

Pedro Rocha teve um começo difícil quando chegou como citei anteriormente, mas depois se firmou como um grande jogador na história do clube, jogou 375 vezes com o manto tricolor e marcou 113 gols, Verdugo como foi apelidado justamente por misturar sua raça e habilidade, foi artilheiro do Brasileiro de 1972 com 17 gols ao lado de Dario do Atlético Mineiro e conquistou os títulos Paulista de 1971 e 75 e o Brasileiro de 1977 em sua passagem pelo tricolor. Ele sempre será lembrado pela admiração que Pelé tem pelo seu futebol nas palavras do Rei Pedro Rocha era um dos cinco melhores jogadores do mundo em sua época..

E nunca em se falando de uruguaio podemos deixar de falar de Diego Lugano, que até o presente momento jogou pelo São Paulo 176 jogos e marcou 11 gols. Conquistou o Paulista, A Libertadores e o Mundial de 2005 além do Brasileiro de 2006. Um jogador que mais recentemente nos fez encantar pelo seu futebol, pela sua raça, pelo seu amor contínuo ao Maior do Mundo e no meu modesto ponto de vista depois do M1TO nestes últimos anos foi o jogador que mais nos identificamos e um dos que mais demonstraram amor ao clube. Vale lembrar que o São Paulo estava na semi final da Copa do Mundo com o logo tricolor no Squeeze dele. Em suma Lugano sempre será bem vindo ao Morumbi e que seja em breve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s