LUIS ANTÔNIO CORRÊA – MULLER

Muller na época de comentarista - Foto: Divulgação

Luís Antônio Corrêa da Costa, o Muller, nasceu em Campo Grande em 31 de janeiro de 1966. Rápido, tinha uma característica especial, a de jogar com inteligência e finalizar com grande precisão. Esse talento todo o fez brilhar no futebol nacional nas décadas de 80 e 90, atuando nos cinco maiores clubes de São Paulo: São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos e Portuguesa.

Hoje ídolo da torcida tricolor, Muller chegou no Maior do Mundo em 1984. Um ano depois fez parte do time fantástico formado por Silas e Careca, liderado pelo técnico Cilinho, conhecido como os Menudos do Morumbi. Objetivo, era difícil vê-lo fazendo gracinhas com a bola, já que normalmente optava por jogadas mais diretas ao gol, ou por passes que deixavam os companheiros na cara da meta, rendendo a ele o apelido de “garçom”.

Muller na copa de 86 - Fonte: Divulgação

Foi campeão nacional pelo tricolor em 1986, mesmo ano em que defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo do México ao lado de Careca, confirmando sua ótima fase. Em 88 se aventurou na Itália jogando pelo Torino, mas não conseguiu repetir suas atuações na época do tricolor paulista.

Retornou ao São Paulo em 1991 para mais uma sequência de títulos. Nesse mesmo ano conquistou os campeonatos Paulista e Brasileiro. Fez parte do São Paulo bi-campeão da libertadores e mundial de Telê Santana, marcando um gol histórico contra o Milan que definiu a partida. Muller deixou o São Paulo após a incrível marca de 161 gols em 385 partidas.

Aposentado, em 2007 foi contratado como comentarista esportivo na Rede Bandeirantes, e em 2008 passou a integrar a equipe do SporTV. Sem muito sucesso, assumiu o time do Imbituba-SC como treinador no final de 2010.

Em 12 de maio de 2011 uma notícia triste abalou os torcedores que sempre admiraram esse jogador. Muller afirmou estar morando de favor na casa do ex-jogador Pavão, parceiro dos tempos de São Paulo. Hoje sem casa, carro ou plano de saúde, diz que busca recomeçar, e cheio de esperança:

Muller campeão mundial pelo São Paulo - Foto: Divulgação

“Sempre tive o futebol como meio de sobrevivência, mas não estou passando fome. Erei muito na vida. Tive bons momentos financeiros, mas errei. Fiz muita bobagem, gastei tudo bom besteiras, mulheres, carros, etc.”

“É importante que os jovens mantenham a cabeça em dia e não se deslumbrem com a fama”, completou.

Aos 45 anos, Muller recebeu um convite para comentar o Brasileirão em uma grande emissora de rádio, uma luz no fim do túnel, oportunidade única que ele não pensa em deixar escapar.

Por Fred Valoz

@fred_valoz

Facebook – Fred Valoz

Anúncios

Uma resposta em “LUIS ANTÔNIO CORRÊA – MULLER

  1. OLA TENHO UMA EMPRESA DE CALÇADOS DE SEGURANÇA,E GOSTARIA DE ENTRAR EM CONTATO COM MILLER PARA DISSCUTIR SOBRE NEGOCIOS,É UMA EMPRESA EVANGÉLICA.
    POSSUI 870 FUNCIONARIOS E TEMOS ENTERECE EM CONVERSAR COM ELE SE PUDER ENTRAR EM CONT EU AGRADEÇO………

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s