Time grande, com atitudes de time pequeno.

Foto: Rubens Chiri

Não é de se estranhar a revolta do torcedor são paulino nessa manhã de sexta, pelo segundo jogo consecutivo, saímos com um empate com sabor de derrota e ainda vimos em campo um time com jogadas medíocres e jogadores sem a mínima vontade de fazer a vitória acontecer.

Há quem vai ler esse meu texto e pensar, só apoia o time, só é torcedora nas vitórias, mas não é bem assim, haja vista o meu ultimo texto após a derrota para o Ceará pela sul-americana, onde, perdemos sim, mas demonstramos vontade, garra, jogamos com atitude digna do grande time que é o São Paulo Futebol Clube, bem diferente do que vimos nas ultimas duas rodadas pelo brasileirão.

Contou-se muitas vantagens durante toda semana por um retrospecto de nunca ter perdido para o América-MG de fato nunca perdemos, e continuamos sem perder efetivamente, pois, o jogo de ontem não foi de um time que tem tanta vantagem assim para comemorar.

Perdemos também 4 pontos em duas rodadas por pura incapacidade nossa, por erros somente nossos, desperdiçamos a oportunidade de estarmos no topo da tabela, fala-se muito nos jogadores que estão por um motivo ou por outro ainda fora do time, mas ai eu me pergunto, e esses que estão em campo??

Não podemos contar ainda com Luís Fabiano, William José, Henrique, Casemiro e talvez seja na espera desses que muitos estejam apostando em um segundo turno melhor, mas e Juan, Xandão, Fernandinho, Rodolpho, Marlos, o que fazem então no São Paulo? Todos eles vestem a camisa tricolor e tem por obrigação defender essa camisa que, o que está faltando é brio, é força de vontade é honrar o time que defendem.

Não temos o time ideal? Mas o campeonato não pode parar e esperar que montemos nosso time dos sonhos, estamos defasados na zaga, e jogando com improvisações, mas o problema parece não ser somente na zaga, mas sim no contexto, temos em campo jogadores com salários muito acima da média da realidade de muito trabalhador brasileiro, jogadores esses que pouco tem feito pelo time.

Muitos já pedem a cabeça do Adilson Batista, gritos de Burro já se ouve pelos estádios, não tiro a parcela de culpa dele, mas não o vejo como grande vilão, a função do técnico é treinar os jogadores e montar a equipe para os jogos, e isso ele tem feito com as peças que tem, mas e os jogadores, desses sim os torcedores devem cobrar, que demonstrem mais garra, mais vontade, mas amor pela camisa que defende. E No jogo contra o América o erro foi do coletivo, não houve um destaque, todos erraram.

A valorização dos jogadores talvez seja hoje o “câncer” do futebol, pois passou-se a visar unicamente a vantagem financeira, o time que paga mais, o acordo melhor e não é de se estranhar quando ouvimos falar nas tais malas que nada mais é que dinheiro para que os jogadores facilitem a vida dos adversários, e essa é a cara de muitos jogadores hoje, sejam eles de times A ou B e é isso que nós torcedores não queremos ver no Tricolor.

Torcedor é sim para torcer e apoiar o time em todas as ocasiões, mas não significa dizer que precise fechar os olhos diante das falhas e dos erros, o São Paulo com certeza sempre poderá contar com o acolhimento, a torcida e o apoio de todos os seus torcedores, mas terá também que saber lidar com as críticas em momentos como os que estamos vivenciando, acreditamos sim no time, nos jogadores, sabemos que o time tem potencial para ir além do que tem demonstrado e também por isso a torcida pede e cobra uma posição de seus jogadores.

Vamos que vamos meu tricolor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s